E36 – Bryan Valerio

A BMW tinha como desafio criar um carro que sucedesse o bem conceituado E30. Então o projecto começou desde cedo a ser estudado e os resultados do grupo Bavarian Motor Works não podiam estar mais certos.

E36 – Blueprints

“O E36 é provavelmente o carro que ninguém quer gosta mas todo mundo precisava de ter.

Apesar da aceitação inicial ter sido dividida pelos amantes da marca o E36 era um carro adequado as rotinas de dia-a-dia com uma frente renovada radicalmente mas com um peso substancialmente maior (envolta de 200kg) contudo os estudo da BMW teve o cuidado de minimizar a sensação de peso com um aumento de potência mantendo o rácio Kg/Cv igualado com o E30.


Este aumento de peso deveu-se essencialmente crescimento do chassi, ao melhoramento de insonorização com novos e melhores materiais contudo houve uma preocupação em criar um chassi que pudesse acoplar um verdadeiro motor M e comportar-se como um verdadeiro M(onstro) na estrada, para isso houve um cuidado no aumento da distância entre eixos distribuindo o peso melhorando a dinâmica e mobilidade.

A química deste exemplar foi tão bem estudada que ainda hoje é dos exemplares mais usado e desejados pelos amantes de Drift.

Talvez por isso é que foi chamado “The Ultimate Driving Machine” .

Um dos prazeres que se consegue retirar no mundo dos carros é o convívio e as amizades que criamos.

No Droppt 1.0 tivemos o primeiro contacto pessoal com o E36 do Bryan mas desde a data do evento ficamos curiosos para conhecer melhor, sobretudo conhecer todos detalhes e fotografar o projecto singularmente.

Em 2019 o E36 do Bryan andou mais ausente dos eventos e apesar de ter trocado de Set de jantes optou por não se revelar em eventos aguardando mais uns tempos mas o convite já estava no ar, só faltava uma troca de ideias e tempo para que tudo se enquadrasse.


Na chegada demos com uma rua pacata, pouco movimento mas não muito distante do centro da cidade, uma zona piscatória fortemente movimentada pela área nela desenvolvida. O E36 do Bryan, o roxo (Techno Violet) destacava-se na rua e nem foi preciso pedir o número da porta.

A relação do E36 e do Bryan já se estende há alguns anos, o primeiro dono era o pai do Bryan. Em 1996 o pai do Bryan comprou o E36 em França e desde cedo que o Bryan começou a mexer no carro, inicialmente por pequenas modificações e foi incrementado o nível das modificações até começar a comprar jantes para o carro com o pormenor dele não ser o dono do carro.

“Crescer com o carro dos nossos sonhos na garagem é uma sensação indescritível.”

Naquela altura a BMW tinha o E36 em mudanças da fase 1 para a fase 2 e este caso é precisamente um carro da fase transitória.

Um dos “culpados” do Bryan ter este gosto pelos carros já vem do próprio pai que desde sempre foi um aficionado pela marca e além deste modelo já contava com outros como o E21.

Com 18 anos chegou a hora de então tomar conta do carro que ele viu desde cedo no seio da família, passou a contar com o seu nome como proprietário no livrete e as modificações tomaram um tom mais sério, desde interior M estofado no tom de bege que trazia de origem, até a travagem E46 330i a frente e E46 320d 150cv atrás, conta agora também com volante M-tech 3 e uma linha de escape completa do 25i que se fazia ouvir quando saímos de uma rotunda em direcção as estradas para fazer as rolling shots.

Com os seus 18 anos o Bryan já tinha o seu E36 assim.

Ao longo deste processo o Bryan decidiu mudar a cor do carro que inicialmente era Madeiraschwarz para Techno Violet aproveitando que ambas são cotadas como Roxo no livrete.

Sendo adepto de Static o E36 conta com Coilovers e com jantes Ac Schnitzer em 17″, sem spoiler e com os farolins de nevoeiro para ir variando o carro encontra-se praticamente dado como completo aos olhos do Bryan mas…

“Há algum motivo em especial para usar coils?”

“Uso coils porque gosto de ajustar a altura e ir para todo o lado com ele assim, há sempre um “será que passa?” ou “será que chega lá?” mas isso ainda me dá mais prazer, quanto a bags, pessoalmente não faz o meu género, não gosto como fica o aspecto do carro”

“Mudavas alguma coisa no teu projecto?”

“Se mudava alguma coisa? Sim, a parte da mecânica, apesar de já ser um 318is é o que sinto mais falta, é um upgrade. De resto está conforme o idealizei.”

O Bryan relembrou que nem tudo foi um mar de rosas e que está a fazer 2 anos em que o carro teve de passar pela inspecção B e que contou com a ajuda dos amigos para solucionar o problema já que o carro teve de perder, temporariamente, a suspensão, travagem e todo o Pack M já que não constava nos registos do carro.

Bryan certamente que nos veremos em breve até porque as distancias encurtam-se com as amizades.
Felizmente isso não o desmotivou e voltou a montar o seu belo E36.

Se quiseres podes ajudar adquirindo os nossos artigos em – https://qualitystance.bigcartel.com


Podes entra em contacto connosco se quiseres dar a conhecer um pouco mais sobre o teu projecto por email para qltystnc@gmail.com ou directamente na página do facebook.


Leave a Reply